Meu jardim



O verdadeiro amor é como uma rosa,
Não é aquele amor que vive apenas de pétalas,
Mas também aquele que é capaz de suportar os espinhos,
Aquela rosa em que se planta quando você aceita os defeitos do próximo,
A rosa cresce e quando cresce se colhe qualidades,
Qualidades que só o amor pode cultivar,
E somente o coração pode cultivar o amor,
Pois só o coração é capaz de dar frutos tão lindos como a felicidade,
Só o coração é capaz de traduzir o que os olhos são incapazes de enxergar e de entender,
Só o coração é capaz de mostrar aos os olhos que às vezes,
É melhor acreditar no que não se ver, mas apenas acreditar,
Você aprende a amar de verdade quando começa a ver com o coração,
Então você verá nela uma rosa,
Mesmo com todos os espinhos, enxergará somente sua beleza,
E sentirá somente seu aroma,
Você aprende a amar de verdade quando começa a cuidar da sua rosa,
Na certeza que amanhã ela se tornará um jardim,
Quando você descobre que muitas vezes é preciso fechar os olhos,
Para conseguir ver de verdade,
E realmente se dá conta que o amor é uma semente esperando ser cultivada,
Esperando se torna o seu jardim,
Quantas sementes você deixou passar, por medo de amanhã se arranhar com os espinhos?
O medo existe para ser superado, então se tiver que fechar os olhos,
Que não seja por medo, mas que seja para enxergar de verdade,
Lembre-se aquela semente que o vento leva,
Poderá ser um jardim, o seu jardim,
Se você passar a ver com o coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário