Olhe para frente


Você partiu sem olhar para traz, você partiu quando me disse que ficaria,
Fez-me acreditar nas mentiras que meu coração pregou as minhas esperanças
Você se foi sem olhar para traz, deu adeus sem olhar em meus olhos, não pensou,
Veja estou perdido no espaço que você deixou em meu coração,
O caminho que ficou são labirintos de saudades e lembranças, e o tempo será meu guia,
Agora terei de abrir meus olhos e acreditar que você não está ali, que a sua falta é real,
Seguirei um caminho que o amor é um conto, mas real o bastante para machucar, em que acreditar no amor é mais difícil do que viver o caminho que não conheço, pois eu só conhecia você,
Mas chegará um dia que você vai olhar para traz, e vai perceber a falta de alguém,
Você vai se virar e encontrar um deserto do tamanho daquele espaço que ficou em meu coração, talvez eu te perdoe, mas não olharei em teus olhos,
Você vai perceber que o primeiro amor nem sempre é o maior,
Você vai olhar para traz e vai se encontrar perdida, nos labirintos que deixou para mim, irá encontrar tudo que me deixou em outra pessoa,
Você vai se virar e na sua frente irá me ver, vai perceber que te perdoei, mas nunca te disse nada,
Você irá chegar perto o bastante para sentir o passado, mas presa demais a ele para viver o presente e com isso o futuro será mais inserto do que o normal.
Então eu irei dizer que sim, depois de tudo que vivi e do que se passou você pode olhar para traz, mas hoje você apenas poderá olhar,
Pois eu não estarei lá te esperando, e se quiser me ver,
Basta olhar para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário