Escuridão permanente


A noite chega para mim em plena 3 da tarde,

E a escuridão apaga as luzes que ilumina meu quarto,

Vejo da janela sol brilhante, mas ele não chega até mim,

Pensar em você só piora tudo, minha escuridão parte,

Minha escuridão parte sem se despedir,

Mas não vejo você aqui comigo, então eu imploro pela sua volta,

Talvez der certo e volte ao normal, e a escuridão esconda sua ausência,

No vaso ao lado estão às flores que você me devolveu,

Elas murcharão com o tempo que leva tudo, menos você da minha cabeça,

Lá fora vejo um mar de rosas, mas sem aroma, eu só tenho seu cheiro comigo,

Todos os dias passam, todas as horas se arrastam nas lembranças boas,

E as ruins eu vejo todos os dias, pois só existe sua partida e lembranças,

Vivemos um amor capaz de salvar vidas,

Vivemos os melhores anos em poucos dias,

E nosso calendário ficou preso na parede do meu quarto,

Nossa musica é numero um nas paradas,

E é tudo culpa nossa, e culpa do que vivemos,

Tento tirar da minha cabeça o que jamais conseguirei viver sem,

Tento tirar do coração as lembranças que deveriam estar na cabeça,

Hoje a noite não parte mais, somos companheiros contra a luz,

Ela se esconde do dia eu me escondo da luz dos seus olhos,

Desabafo-me e ela me entende perfeitamente,

Suas cartas jogadas no chão me fazem traz duvidas,

Será que existe explicação por partir sem mim?

Será que voltará para mim e viverá no lugar desta escuridão permanente?

Nenhum comentário:

Postar um comentário