Enquanto o amor ainda existe



Eu não sou uma poesia que confortará seu coração partido por outra pessoa,
Nem mesmo a pessoa que dirá a coisa certa para que sua fé volte,
Eu não sou o cara que se destaca na multidão,
Mas sou a própria poesia para te fazer nascer um novo amor,
Eu sou quem mostrará a você que em mim pode esperar o melhor,
Eu sou o cara que se destaca apenas dentro do seu peito e te faço esquecer a própria multidão,
Você querendo ou não você ira encontrar pedaços de mim em outros,
Mas só ira encontrar tudo isso em mim,
Sim este sou eu, sim é agora ou nunca, sou eu quem te faz feliz,
Lembre-se não estarei aqui para sempre,
Quero apenas amar enquanto o amor ainda existe, porque quando ele se for, eu irei junto,
Meu coração ainda existe caminho não percorrido, ainda,
Sim este sou eu,
Eu sou tudo quando você não tem nada, sou um nada que quando partir te faltará tudo,
Sou a única loucura que dará razão na sua vida, mais minha maior loucura é não ser mais louco,
Sim este ainda é quem sou, mas amanhã posso ser quem eu quiser.
Quero apenas amar enquanto o amor ainda existe

Nenhum comentário:

Postar um comentário